sexta-feira, 29 de maio de 2009

Ouvindo e Paraticando o Shofar de DEUS. Oportunidade Profética e Única na História

A importância do Shofar ]
O Shofar, um instrumento feito dos chifres de um carneiro, cujo nome vem da raiz hebraica que significa "beleza", é um dos mais antigos símbolos bíblicos e judeus. Ele é tão antigo que a Torah declara o seguinte em Shemot 19.16,19 (Êxodo) "aconteceu que ao terceiro dia, quando amanheceu, vieram trovões e relâmpagos, e espessa nuvem sobre o monte, e um sonido de buzina muito forte; e todo povo que estava no acampamento estremeceu". O som da buzina ia aumentando em extremo. Moisés falava e ELOHIM respondia em voz trovejante. Desde os tempos da entrega da Torah (os mandamentos), sabemos que se tocava o SHOFAR nos eventos proféticos, como aconteceu na entrega das tábuas da Lei.
O Shofar é único.
É um instrumento que alegra o povo, que traz liberdade, gozo, júbilo, como disse o profeta Amós 3.6 "Se tocará a trombeta na cidade, e não estremecerá o povo?".Quando o povo do Senhor encontrar as raízes da sua fé hebraica, e retornar ao DEUS de Israel, escutaremos as Trombetas (SHOFAROT) em todas as congregações dos santos. Estarão soando e proclamando, liberdade, gozo, e júbilo para o povo do Senhor. A importância Bíblica do Shofar A palavra de DEUS é muito clara em especificar a trombeta bíblica, dizendo que é chifre de carneiro e como é tocada. No livro de Vayikra 23.24 (Levíticos) está escrito: “Dize aos filhos de Israel: no sétimo mês, ao primeiro do mês, tereis descanso solene, um memorial com som de trombeta, santa convocação". Esta festa bíblica é chamada de Yom Teruah, mais conhecida como Festa das Trombetas. Lemos em Vayikra (Levíticos) como o Senhor instrui o povo a convocar e comemorar ao som do SHOFAR ou Shofarot (plural para os chifres ou trombetas). ]
Este som dos SHOFAROT nos fala da GRAÇA de ADONAI.
Lembra-nos o momento quando ADONAI ELOJEINU (o Senhor Nosso DEUS dá provisão a Abraão nosso pai, que em um ato de obediência amarrou a Isaac em um altar para sacrificá-lo. Você sabe qual foi à provisão de DEUS? Leiamos em Bereshit 22.13 (Gênesis): "Então levantou Abraão os olhos e viu atrás de si um carneiro preso pelos chifres entre os arbustos; e foi Abraão tomou o carneiro e o ofereceu em holocausto em lugar de seu filho". A provisão do Senhor foi um carneiro, o qual estava preso por seus chifres. Esta bela cena da graça de DEUS é recordada cada vez que o som do SHOFAR é ouvido, e se proclama a libertação da comunidade dos santos. Chama-me muito a atenção, que o carneiro tinha chifres, e que o som dos chifres nos fala da graça de DEUS.
Assim é como o Messias Yeshua(JESUS) se manifestou e se manifestará, ou seja, em duas ocasiões, em sua primeira vinda e em sua segunda vinda. Podemos ver perfeitamente ilustrado pelos dois chifres, estes dois eventos messiânicos.
Estas duas manifestações da graça do Senhor são notórias para todos os que se aproximam dele com um coração disposto a uma total entrega, tal como ABRAÃO, nosso pai.
A importância Histórica do Shofar
O Shofar é um instrumento muito utilizando através da história bíblica e por muitos anos. Achamos referências históricas em toda a Torah (CINCO PRIMEIROS LIVROS DO VELHO TESTAMENTO), deste Bereshit (Gênesis) até Devarim (Deuteronômio), no resto do Tanach ( Livros do Antigo Testamento) como também no Brit HaDasha (Nova Aliança). Começando com a provisão do Senhor no sacrifício de Yitzhak onde aparecem os chifres, e continuando com o som do Shofar na entrega das duas tábuas da Lei no Monte Sinai, podemos ver a importância histórica do uso do SHOFAR no Apocalipse bíblico. Com o som do Shofar tocado pelos levitas para juntar todo o Israel como povo e assim anunciar o início das festas bíblicas, até a conquista de Eretz Yisrael, (A TERRA DE ISRAEL), com os toques dos Shofarot (trombetas) que se escutaram em Jericó, tudo isto manifestou o poder de DEUS e deixou uma profunda marca na história sagrada de nosso povo.
Na dedicação de David como rei de ISRAEL, na dedicação do primeiro templo (o de Salomão), sempre o Shofar, o chifre bíblico, a trombeta sagrada, se escutou tocar nestas ocasiões importantes. Assim também soará o SHOFAR nestes últimos dias.
Podemos ver nos filmes que se fizeram da guerra de 1967, chamada guerra dos seis dias, que uma das primeiras coisas que os soldados israelenses fizeram, quando conquistaram Jerusalém, foi tocar o Shofar.
O som do Shofar estabeleceu o que JESUS pronunciou em Lucas 21.24 "Cairão ao fio da espada, e para todas as nações serão levados cativos. Jerusalém será pisada pelos gentios, até que os tempos deles se completem". Como vemos neste versículo, o Shofar tocado pelo soldado em 1967, marcou o fim do tempo dos gentios e o comprimento do que disse JESUS em Lucas.Isto nos leva ao próximo ponto, que é, o Shofar não somente tem importância histórica, mas também tem importância Profética.
A importância Profética do Shofar
Cada instrumento utilizado pelo Senhor em seu Tabernáculo e revelado na Torah, sempre contém uma mensagem e um ensinamento profético. O Shofar não somente cumpria o propósito de juntar o povo do Senhor no deserto, como também preparava profeticamente o ouvido do povo nestes dias. Prepara nossos ouvidos para sintonizarmos a voz do Espírito Santo. (Huach Há Kodesh)
O Shofar não somente cumpre o propósito na dimensão física, natural e material, mas vai mais além. O Shofar também cumpre um propósito quando o escutamos tocar na dimensão espiritual, ou seja, quando se escuta o som na dimensão física seu toque se manifesta na dimensão espiritual e profética.
Por exemplo: Toca-se o Shofar para juntar o povo do Senhor e começar uma reunião, isto é físico. Porém, também o Shofar terá a mesma função profética quando juntará Seu povo como nos diz o Messias em Mateus 24.31 "E Ele enviará seus anjos, com grande clamor de trombetas, os quais ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma extremidade à outra dos céus".
Com grande som de Shofar, os anjos do Senhor juntarão o povo santo que está entre as nações, e o trará diante da presença DAQUELE que vive pelos séculos dos séculos JESUS NAZARENO, nosso Messias. É por isso que, para mim, é tão importante que todos os israelitas, os irmãos do Novo Pacto, saibam o que é o som do Shofar e o propósito pelo qual foram dados diferentes toques.
Quando há um povo preparado, que profeticamente sabe o que se sucederá, e se alista para o acontecimento, a trombeta não soará com som incerto. Porém se o povo de DEUS não se prepara e o Shofar não é tocado, como se alistará o povo para estar pronto diante do que sucederá ? Como está em I Corintios 14.8 "Se a trombeta der sonido incerto, quem se preparará para a batalha?".
De modo que o que nos toca fazer como filhos de ABRAÃO, filhos do Novo Pacto, é preparar todos os crentes a que escutem a trombeta, o Shofar que está soando, e desta maneira prepará-los e alistá-los para o grande dia do Senhor. Um antigo profeta disse o seguinte: "Não temas porque eu estou contigo; trarei a tua descendência do Oriente, e te ajuntarei do Ocidente. Direi ao norte: Dá; e ao sul: Não retenhas; trazei meus filhos de longe, e minhas filhas da extremidade da terra; e todos os que são chamados pelo meu Nome, aos quais criei para a minha glória, aos quais formei e fiz". (Isaías 43.5-7)
Portanto, nestes versos proféticos podemos ver como o Senhor NOSSO DEUS está planejando uma grande reunião, onde todos os filhos serão atraídos a Ele. Agora eu e você sabemos como Ele fará isto tão maravilhosa e poderosamente. Sabemos qual será o instrumento que JESUS usará para juntar todo seu povo entre todas as nações, o sonido de um grande Shofar, a trombeta de DEUS - I Tessalonicenses 4.16 "Pois o mesmo Senhor descerá do céu com grande brado, à voz do arcanjo, ao som da trombeta de DEUS, e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro."
Como diz o profeta Joel:"Tocai a trombeta em Sião , santificai um jejum, proclamai um dia de assembléia solene. Congregai o povo, santificai a congregação, ajuntai os anciãos, congregai os filhinhos, e os que mamam. Saia o noivo da sua recamara e a noiva do seu tálamo. Chorem os sacerdotes, ministros do Senhor entre o alpendre e o altar e digam: poupa o teu povo ó Senhor, e não entregues a tua herança ao opróbrio, para que as nações façam escárnio dele. Por que diriam entre os povos : Onde está o seu DEUS ?(Joel 2.15-17)
Esta é uma referência à festa de Yom Kipur – DIA DA Expiação - que também é conhecida como a festa do jejum.
Nestes versos podemos ver ADONAI nos mandar tocar o Shofar para proclamar um jejum. OU seja, para convocar o povo e trazer consciência profética sobre os tempos que estamos vivendo.
O Shofar, a trombeta bíblica, tem um propósito que é muito maior que juntar fisicamente um povo num lugar específico, mas também tem o propósito de juntar esse povo em uma perspectiva profética que envolve outras dimensões.
Portanto não somente este povo é recolhido, como também tudo que lhe é pertinente será restaurado em sua totalidade. Toca-se o Shofar profeticamente para possuirmos o que ADONAI nos tem dado. Temos muitos exemplos na Tanach (Primeiro Aliança) que nos mostra que ao tocar-se o Shofar, os muros como os de Jericó cairiam "Tocando-se longamente a trombeta, e ouvindo vós o sonido dela, todo o povo dará um grande brado; então o muro da cidade cairá abaixo, e o povo subirá nele, cada qual em frente de si”. (Josué 6.5)
Outra linda porção das sagradas escrituras está em Juizes 3.27 "Entrando ele, tocou a trombeta na região montanhosa de Efraim, e os filhos de Israel desceram com ele das montanhas, indo ele à frente."
Assim também sucede conosco hoje.
Temos um inimigo cujo desejo mais forte é impedir-nos de possuir a terra prometida. Por isso DEUS nos diz hoje que toquemos e faça,os soar o chifre, que Ele entregará nossos inimigos em nossas mãos.
Não se detenha mais, nem debilites suas forças, mas lança-te a conquistar o que HaShem (DEUS) tem declarado como propriedade tua. Hoje é o dia de tocar e fazer soar o SHOFAR. Os Moabitas, e todos seus ídolos cairão diante de ti. Não temas, se valente.
O Shofar foi dado por DEUS para que nós, seus filhos o utilizemos, e desta maneira declaremos que temos chegado ao ano do Jubileu, o ano da Liberdade. Proclamar entre as nações que o Ano Agradável ao Senhor chegou: "Então no sétimo mês, aos dez do mês, farás soar fortemente a trombeta; no dia da expiação fareis passar a trombeta por toda a vossa terra. Santificareis o qüinquagésimo ano, e proclamareis liberdade na terra a todos os teus moradores. Ano de jubileu vos será, e cada um de vós retornará à sua possessão, e cada um de vós voltará à sua família”. Assim vemos que o Shofar não somente tem importâncias bíblicas, históricas
e proféticas, como agora veremos sua importância Messiânica.
A importância Messiânica do Shofar
O Shofar e seus toques também nos falar do Messias, JESUS e Sua vinda. Por isso que é importante celebrar o Yom Teruah - a festa das Trombetas - Muitos do meu povo, ao chegar no primeiro dia do sétimo mês do calendário bíblico, celebram o que chamamos Rosh HaShana (o primeiro dos meses ) como o Ano Novo do calendário civil judaico.
Tristemente, ao celebrar o Ano Novo, coisas muito graves acontecem. Primeiro, a verdadeira festa bíblica para o Ano Novo é substituída por uma festa rabínica, que ao contrário do que nos instrui e manda DEUS em sua Torah : "este mês será o principio dos meses, vos será este o primeiro dos meses do ano " - Ex 12.2 Este é o mês de Abib e Nisan, e quatorze dias depois do primeiro, quando se comemora a saída do Egito com a festa da Páscoa. Nunca foi propósito do Senhor trocar o principio do ano para outro mês, porque isto Ele nunca revela na Sua Torah.
O segundo problema que encontramos ao trocar a festa de Ano Novo e movê-la para o sétimo mês, é que ocorre uma tendência inexplicável de enfatizar o Ano Novo - Rosh HaShana - e não Yom Teruah - festa das Trombetas -em outras palavras, ao celebrar o Ano Novo no sétimo mês, onde biblicamente se deve celebrar Yom Teruah, anula-se a importância messiânica que esta preciosa festa contém.
Como manifesta Coulson Shepherd, em sua obra "Jewish Holy Days" ( Loizeaux Brothers 4th edition 1977- pg 59) que no momento em que os rabinos do século 10 e 11 trocaram a festa e colocaram o Ano Novo para o sétimo mês, eles conscientemente ou inconscientemente diminuíram a importância que tem a festa bíblica das Trombetas, a qual nos fala da segunda vida do Messias JESUS.
Esta festa é tão importante em sua relação com a vinda do Messias e sua redenção, que alguns escritos antigos nos afirma que o chifre esquerdo do carneiro que foi dado em lugar de ISAAC, foi tocado no Monte Sinai, e que o chifre do lado direito será tocado na restauração e na reunificação de todas as coisas (Pirke de-Rebbe Eliezer 31 )
De modo que entre os judeus não crentes em JESUS ensina-se a relação íntima que existe entre o toque do Shofar e a redenção messiânica, ou seja, o reino do Messias de ISRAEL.
Quando alguém toca o Shofar, está recordando o reino do Rei dos reis e Senhor dos senhores.
Isaías profetizou "Acontecerá também naquele dia, que se tocará uma grande trombeta. Os que andavam perdidos nas terras da Assíria, e os que foram desterrados para a terra do Egito tornarão a vir, e adorarão ao Senhor no monte santo em Jerusalém." (Isaias 27.13)
No Brit HaDasha (NOVO TESTAMENTO) também temos muitas referências sobre o som do Shofar, o chifre do carneiro que substituiu ISAAC. E por isso que, na maioria das vezes, este toque está relacionado com a segunda vinda de JESUS, o Messias de Israel."Em um momento, num abrir e fechar de olhos, ao soar a última trombeta, pois a trombeta soará, os mortos ressurgirão incorruptíveis, e nós seremos transformados”.(I Corintios 15.52)"Porque o Senhor mesmo com voz de comando, com voz de arcanjo, e com a trombeta de D'us, descerá do céu; e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro."(I Tessalonicenses 4.16)
Logo, não somente o Shofar e seus sonidos nos falam da vinda do Messias de Israel, como também suas características nos manifestam a obra redentora do Messias.
Por exemplo, o Shofar é um instrumento largo, e isto fala do caminho largo que o Messias percorreu em sua jornada no Calvário. Assim foi o caminho doloroso que sofreu o Messias de ISRAEL, largo e muito difícil, com muitos obstáculos, com o propósito de impedir que seu plano de redenção se consumasse. Mas graças a DEUS não foi assim; tudo se cumpriu tal como DEUS havia programado.
Vemos outro precioso ensino sobre o Messias quando nos fixamos no Shofar e de onde ele vem. Da cabeça do carneiro se toma o "Keren" - o chifre - dali é tirado e feito o Shofar. Isto nos mostra um belo ensino, que JESUS é a Cabeça da congregação dos santos.
E assim sucessivamente, podemos expressar o quanto nos fala o Shofar sobre a vida redentora do Messias, sua vinda como Rei dos reis e Senhor dos senhores. E temos visto como o Shofar tem importância ,bíblica, profética e messiânica, mas também tem importância na Guerra Espiritual.
A importância do Shofar na Guerra Espiritual
Há momentos na vida quando experimentas ataques do reino das trevas. Que fazer quando isto ocorre? O Shofar é um instrumento que se pode utilizar na guerra espiritual. O Senhor desenhou o Shofar de tal forma que um só som confunde o inimigo.
Tradicionalmente, os rabinos antigos criam que o som do Shofar confundia o inimigo. Existem muitos exemplos nas escrituras que nos ensinam que o toque do Shofar ou uma seqüência de toques confundiu o inimigo. Lembra-se da estória de Aod (Eude) quando liberta os Israelitas das mãos dos moabitas? O texto é Juizes 3.27. Nesta batalha se tocou o Shofar e o Senhor confundiu o inimigo e os entregou nas mãos dos israelitas. O que você está esperando? Toque o Shofar nestes momentos de sua vida e veja a diferença.
Lembra-se da conquista de Jericó? Veja o que o Senhor manda Josué fazer com os levitas - veja Josué 6.5 - notou que tinham que tocar o Shofar? Diz as Escrituras "prolongadamente" - a palavra no hebraico é MASHAK, que significa sonido prolongado, desenvolvido e mantido, ou seja, um som estirado.
Esta história do passado tem um grande ensino para hoje. Nós também lutamos com o inimigo e nos toca conquistar o que o Senhor nos tem dado como herança. Todos nós temos uma Jericó que tem que ser tomada para o reino do Messias. Qual é tua Jericó?
Talvez tu tenhas feito tudo que te ensinaram sobre guerra espiritual, mas não tens obtido vitória, a conquista total sobre tua Jericó. Hoje, ADONAI te diz, toca o Shofar prolongadamente, "mashak". Tocar o Shofar sem desmaiar. Prolongues o som para que cubras todas as áreas que o Senhor tem te dado como herança.
Declara com este toque, que ADONAI é o Senhor da tua vida. Ele é o dono de tudo que tu és e possuis. Enquanto tocas o Shofar prolongadamente, declares a todo o mundo que ADONAI é o teu D'us, a quem serves, o Santo de Israel.
Não somente ativarás tua fé ao tocar o Shofar, como as palavras onde estão escondidas todas as promessas do Senhor JESUS serão dadas, serão abertas e verás tua Jericó destruir-se diante de ti. O Senhor fará com que seus anjos desçam sobre os muros que te atrapalham e os destruirá.
Não somente tocamos o Shofar prolongadamente quando fazemos guerra espiritual, mas o tocamos fortemente também: "Então no sétimo mês, aos dez do mês, farás soar fortemente a trombeta; no dia da expiação fareis passar a trombeta sobre toda a vossa terra. Santificareis o qüinquagésimo ano, e proclamareis liberdade na terra a todos os seus moradores. Ano do jubileu vos será, e cada um de vós retornará à sua possessão, e cada um de vós voltará à sua família. "(Leviticos 25.9-10) Já se perguntou alguma vez, por que o Senhor manda tocar o Shofar fortemente? Se examinarmos o contexto em que aparece esta palavra, nos damos conta que estamos falando sobre o Ano do Jubileu. É o ano cinqüenta, onde tudo retorna aos seus donos originalmente. No ano do jubileu, tudo era restaurado, à família e a herança. Quando um antigo rabino desejava declarar algo importante do Tanach (Primeiro Pacto) ou do Brit HaDasha (Novo Pacto), a forma mais antiga e mais hebraica era repetindo a palavra ou a frase e subindo em volume ao pronunciar para dar ênfase. Assim também fazia ADONAI no passado e continua fazendo hoje. Quando o Senhor entregou Sua Torah a nosso povo ISRAEL, diz a escritura que o sonido do Shofar ia aumentando... "O sonido da buzina ia aumentando cada vez mais" (Ex 19.19) - Moisés falava e DEUS respondia em voz trovejante. A entrega da Torah a aproximadamente 3500 anos atrás foi um evento sumamente importante para DEUS. Ã medida que o som do Shofar ia aumentando em extremo, DEUS enfatizava a importância do momento tão santo com aumento do sonido do Shofar.
Assim também deveria ser a cada 50 anos, ao iniciar-se o ano do Jubileu. O Shofar deveria ser tocado fortemente para manifestar a importância do ano do Jubileu e da mensagem tão gloriosa que era trazida a todos que escutavam o toque do Shofar.
Esta grande verdade não foi utilizada por DEUS ADONAI somente no Primeiro Pacto, mas também podemos vê-la no Novo Pacto. No livro de Apocalipse (Revelações) notamos que a cada ação e execução de uma ordem de DEUS, um Shofar soa. "Então os sete anjos que tinham as sete trombetas prepararam-se para tocar...” (Apocalipse 8.6-7a) Como podemos ver, cada vez que se executa uma ordem de DEUS, se manifesta com o som de um Shofar (trombeta).
Por que será?
Encontramos a resposta quando voltamos às nossas raízes hebraicas. Quando se sabe o que é realmente o Shofar, segundo a perspectiva hebraica, tudo muda.
Achamos a resposta no evento do sacrifício de ISAAC, quando o carneiro que DEUS providenciou teve seus chifres presos. É neste momento que DEUS traz a provisão e ABRAÃO não sacrifica seu filho. Este é um dos textos bíblico onde vemos o ensinamento, que a provisão de ADONAI, o Cordeiro de DEUS, o Messias de ISRAEL, executará seu plano completamente.
A primeira parte, representada pelo primeiro chifre, o esquerdo, é a vida do Messias, o cordeiro de DEUS, posta por expiação para salvar a todos os que crêem NELE como DEUS. Tal como declara João 1.29b: "Eis o Cordeiro de DEUS que tira o pecado do mundo"
"A segunda parte, representada pelo outro chifre, o direito, também fala da vida do Messias. Mas agora, não como cordeiro, mas como Rei dos reis, e Senhor dos Senhores, o Leão da tribo de Judá. Tal como declara Apocalipse 1.10-16 - Eu fui arrebatada em espírito no dia do Senhor, e ouvi detrás de mim uma grande voz, como de trombeta.... EU SOU O PRIMEIRO E O ULTIMO".
Isto não é glorioso?
Meus irmãos, minhas irmãs, sabem o que isto significa? Em nossos dias, JESUS está enviando seus anjos a tocar o Shofar e estabelecer Seu reino em todos os lugares, executando seu perfeito plano no mundo. Somos chamados a participar desta herança, desta oportunidade profética, única na história, de soar o Shofar em nome do Messias. Soar o Shofar em nome daquele que pagou um preço por ti, como cordeiro, na cruz, no Gólgota. Tocar o Shofar em nome do Leão de Judá, do Rei de ISRAEL, o Único que é digno de receber glória e honra. Como está escrito em Apocalipse 5.13b "Ao que está assentado no Trono, e ao Cordeiro, seja o louvor, a glória e o poder, pelos séculos dos séculos." E nós dizemos : Amém !

TOQUEMOS O SHOFAR SOBRE ISRAEL E JERUSALÉM!

Um comentário:

  1. Irmãos
    Romanos 1-2
    1 ¶ Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.
    2 E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus
    Não podemos sair do mundo, mas não podemos ser contaminados por ele.
    Hoje no Brasil uma grande ameaça paira sobre nós evangélicos. Leis estão tramitando no Congresso que tentarão nos impedir de dizer que o homossexualismo é pecado, que o aborto é pecado, e este é só o começo.
    Se não tomarmos uma posição firme e decidida agora em breve teremos de adorar ao nosso Deus escondidos como acontece na China, nas nações árabes, em Cuba etc.
    É por isto que temos que levar a mensagem profética de Jesus Cristo a todos e nunca devemos nos calar diante das injustiças praticadas neste mundo.
    Ao ver tanta corrupção, imoralidade, falta de ética e desonestidade por parte de nossos governantes, criei um blog http://brasillivreedemocrata.blogspot.com que é o meu clamor contra este estado de coisas.
    Creio na Bíblia como meu guia de fé e prática, portanto, luto como me é possível por um mundo melhor.
    Peço que me dê sua colaboração dando suas opiniões sobre as matérias lá tratadas, bem como em seus blogs dediquem parte dele para defender nossa liberdade de Culto e Adoração ao Deus único e verdadeiro.
    Oremos para que Deus tenha misericórdia de nosso Brasil e que possamos ganhar mais almas para Cristo.
    http://brasillivreedemocrata.blogspot.com

    ResponderExcluir